Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

País

Comitê sugere reavaliação de projeções para o Sistema Cantareira

Agência Brasil

O comitê anticrise formado por representantes da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Departamento de Água e Energia Elétrica de São Paulo (Daee) recomendou à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) que reavalie suas projeções de operação no Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de água de 9 milhões de habitantes da região metropolitana de São Paulo.

Segundo um comunicado divulgado ontem (27) pelo comitê, a recomendação é para que a Sabesp reavalie sua operação no sistema considerando um “cenário mais desfavorável de afluências”.

O volume acumulado do sistema Cantareira hoje (28) alcançou 25,3%, pouco abaixo do que foi registrado ontem (25,4%). Desse total, 18,5% vem do volume morto (reserva técnica), que começou  a ser usado em 15 de maio.

O grupo técnico também sugere que a companhia reavalie este cenário a cada 15 dias, no mínimo, “com vistas a garantir condições mínimas operacionais ao sistema até 30 de novembro de 2014”, data que eles definiram como um horizonte de curto prazo para planejamento da utilização do estoque de água disponível no sistema Cantareira. 

Outra recomendação feita pelo comitê é que a Sabesp defina um volume disponível estratégico do sistema a ser preservado.

Por meio de nota, a Sabesp informou que os números referentes à vazão de água do sistema estão sendo reavaliados pela companhia e serão apresentados na próxima reunião do comitê. 

Tags: abastecimento, água, estiagem, nível, rios, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.