Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

País

Manaus entra em emergência por causa da cheia do Rio Negro

Agência Brasil

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, decretou situação de emergência na cidade em virtude da cheia no Rio Negro. O decreto deverá ser publicado amanhã (27) no Diário Oficial do município. O nível do Rio Negro chegou a 29,19 metros. A previsão do Serviço Geológico do Brasil é que o rio suba mais 30 centímetros. Os bairros mais atingidos são Educandos, São Raimundo, São Jorge, Presidente Vargas e Bariri.

Famílias em áreas de risco são retiradas e recebem ajuda de R$ 300, o chamado aluguel social. O dinheiro é para que paguem aluguel em outro local enquanto persiste risco nos locais onde moram. Ainda que o decreto declare emergência em todo o município, as medidas determinadas na publicação serão executadas nas mais afetadas pelas águas.

A prefeitura de Manaus informou que foram construídas passarelas metálicas para acesso às áreas comerciais do centro de Manaus. Dessa forma, a cheia do rio “não atrapalha o andamento da cidade”, inclusive durante a Copa do Mundo. Apesar da situação, a prefeitura explica que se trata de uma situação com qual sabe como lidar. “A cheia não chega a comprometer, temos o expertise nessas situações”.

A assessoria do prefeito disse que foi feito um trabalho de prevenção na cidade desde o ano passado. Entre as medidas, a construção de pontes, para não impedir o trânsito de moradores nos bairros mais atingidos. Além disso, a prefeitura monitora a qualidade da água, faz campanhas preventivas para evitar a proliferação de insetos e pragas, e faz limpeza urbana diariamente.

Tags: Amazonas, enchentes, nível, Rio, riscos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.