Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Dilma e Aécio são alvo de 'festas de despedidas' no Facebook

Portal Terra

A quatro meses das eleições presidenciais, partidos e eleitores expandem as ações em redes sociais para defender seus candidatos – e, principalmente, atacar os adversários. No Facebook, a última novidade é criar eventos chamando para as “despedidas” de candidatos à reeleição ou para o “fim da carreira” dos postulantes aos cargos.

O “exército” de eleitores contra a permanência de Dilma Rousseff na Presidência já criou pelo menos cinco eventos com o mesmo título: “Festa de despedida da Dilma”. O mais famoso deles, no ar há quase três semanas, já soma mais de 435 mil “confirmados”.

O "exército" de eleitores contra a permanência de Dilma Rousseff na Presidência já criou pelo menos cinco eventos com o mesmo título
O "exército" de eleitores contra a permanência de Dilma Rousseff na Presidência já criou pelo menos cinco eventos com o mesmo título

O evento, marcado para o dia 5 de outubro – data do primeiro turno das eleições -, convida o eleitor a levar seu título e “fazer parte da festa”. “Por ser uma festa consciente, não teremos bebidas alcoólicas. E, por favor, não beba no dia anterior: vai que, no dia de nossa festa, você esteja de ressaca e não se lembre de nada do que ocorreu nos últimos 3 anos e meio e vota na nossa querida Dilma? Não queremos mais 4 anos dela, né?”, diz a descrição da página.

Como resposta, simpatizantes da presidente Dilma criaram a página “Festa do Fim da Carreira de Aécio”, uma alusão a insinuações de que o pré-candidato do PSDB, Aécio Neves, seria usuário de drogas. Também marcada para 5 de outubro, a “festa” do tucano teria a participação da Família Perrela, dona de um helicóptero apreendido com 443 quilos de cocaína em 2013 no Espírito Santo.

Como resposta, simpatizantes da presidente Dilma criaram a página "Festa do Fim da Carreira de Aécio"
Como resposta, simpatizantes da presidente Dilma criaram a página "Festa do Fim da Carreira de Aécio"

Na mesma linha, já foram criadas páginas pedindo a saída de governadores que concorrerão à reeleição. Há eventos de “despedida” de Beto Richa (PSDB), governador do Paraná, Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo, e de Tarso Genro (PT), governador do Rio Grande do Sul.

>> Redes sociais se consolidam como um novo mercado para a política

Tags: convites, Eleições, festas, Redes, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.