Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

País

Manifestações preocupam equipe de saúde em Natal durante a Copa

Agência Brasil

A Arena das Dunas, em Natal, será palco de quatro partidas da primeira fase da Copa do Mundo. Segundo o Ministério do Turismo, 172 mil visitantes devem visitar a capital potiguar durante esse período. Planos de contingência para acidentes e ocorrências envolvendo agentes químicos, biológicos e nucleares já foram desenvolvidos, mas o que tem preocupado as equipes de saúde é a possibilidade de protestos violentos durante o Mundial.

“Estamos preocupados com as manifestações contra a Copa, algo que outros estados estão vivenciando”, disse a coordenadora de Urgências e Emergências da Secretaria Estadual da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Narielly Galvão. Segundo ela, nesse tipo de evento, abuso de álcool, pequenos traumas e torções são os casos mais esperados.

Nas proximidades da Arena das Dunas e da Fifa Fan Fest, as unidades básicas de Saúde da Candelária e de Brasília Teimosa funcionarão com horário estendido, das 7h às 22h. Um posto médico avançado será montado em terreno ao lado da Fan Fest, na Praia do Forte, e vai funcionar durante todo o Mundial, das 10h às 22h.

Uma unidade de suporte avançado, considerada UTI móvel, duas ambulâncias de suporte básico e uma unidade especial para incidentes com agentes químicos, biológicos, radiológicos e nucleares ficarão perto do estádio. Nos dias de jogos, as equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) serão mobilizadas três horas antes das partidas e permanecerão de prontidão até três horas depois do final das competições.

Segundo a secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Natal, Márcia Pellense, a unidade de Pronto-Atendimento Cidade Esperança, perto da arena, vai reforçar o atendimento nos casos de trauma e o Samu terá dez ambulâncias de suporte básico e quatro de suporte avançado para atender a ocorrências da Copa. “Se o paciente tiver plano de saúde, será encaminhado para um hospital da rede privada.”

A unidade de referência para grandes traumas é o Hospital Estadual Walfredo Gurgel, a 5 quilômetros da Arena das Dunas. O hospital terá um centro de gerenciamento de crises, com profissionais preparados para realizar a triagem dos atendimentos, recrutar reforços e enviar comunicados aos órgãos competentes. O pronto-socorro poderá receber até 50 pessoas além de sua capacidade diária de 300 pacientes.

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) montará oito postos médicos na Arena das Dunas e terá 150 profissionais de saúde entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e socorristas para fazer o atendimento de emergência. “Nossa equipe ainda contará com grupo médico de campo, fisioterapia para árbitros e equipes volantes de socorristas que portarão pranchas rígidas, desfibriladores e bolsas de primeiros socorros para dar cobertura total aos espectadores nos dias de jogos”, informou a assessoria da Fifa, em nota.

Tags: brasil, Copa, futebol, manifestação, Natal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.