Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

País

Jovens entram no Senado e protestam contra a PEC da Maioridade Penal

Agência Brasil

Com poucos senadores na Casa e a maior parte das atenções voltadas para a reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, um grupo de jovens conseguiu entrar no Senado para protestar na entrada do corredor, conhecido como túnel do tempo – local que dá acesso às salas das comissões – contra a redução da maioridade penal. O assunto está em discussão no Senado que ainda precisa decidir se aprova a proposta de emenda à Constituição (PEC 33/2012).

O texto estabelece punições diferenciadas para adolescentes de 16 anos a 18 anos envolvidos em crimes graves, o que para os estudantes secundaristas é uma estratégia para esconder um “verdadeiro problema”.

No corredor do Senado, pelo menos 12 manifestantes esticaram uma bandeira do Brasil no chão e distribuíram, ao redor, placas indicando o ranking de homicídios por estado. Pelos números extraídos do Mapa da Violência elaborado pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela), o estado de Alagoas lidera as ocorrências de homicídios, seguido dos estados do Espírito Santo, da Paraíba, da Bahia e do Distrito Federal.

“Viemos em um grupo de 30 jovens, mas apenas alguns conseguiram entrar. Nosso objetivo é falar com os senadores, que passarem por aqui, que somos contra a redução da maioridade penal”, disse Manuela Braga, diretora de Política Pública da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (USJ). 

Tags: constituição, emenda, maioridade penal, protesto, redução

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.