Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

Dilma inaugura ferrovia prometida por Lula para 2010

Portal Terra

A presidente Dilma Rousseff inaugura nesta quinta-feira o trecho da ferrovia Norte-Sul que vai de Palmas (TO) a Anápolis (GO), prometida pelo seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, para 2010. O trecho tem 862 quilômetros de extensão e a obra começou há 27 anos.

Em 2012, já com dois anos de atraso, a presidente Dilma visitou a obra e disse que o segmento da ferrovia estaria em funcionamento em setembro daquele mesmo ano – o que não aconteceu.

“Quantos equivocaram, ‘demorou 27 anos’? Demorou, mas o que é importante é que hoje passa a ser realidade  a conclusão completa da Norte-Sul”, disse o ministro dos Transportes, César Borges. “Isso não acontece por acaso. Acontece porque, acontece porque há determinação política de desenvolver o País e fazer com que o modal ferroviário seja uma realidade em nossa economia”.

A via tem a importância de escoar a produção do Centro-Oeste para os portos do Norte e do Nordeste, aumentando a competitividade dos agricultores brasileiros no mercado externo. No entanto, ainda não possui operador. O empreendimento será concedido à iniciativa privada, mas ainda não há data para o leilão. Até lá, quem ficará responsável pela ferrovia é a Valec, a estatal de ferrovias.

O trecho inaugurado hoje custou R$ 4,2 bilhões provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e se interligará com o segmento Palmas Açailândia (MA), em operação desde 2007. O último trecho, ainda em obras, é o que liga Anápolis (GO) a Estrela d’Oeste (SP).

De acordo com o Ministério dos Transportes, a expectativa de embarque de farelo de soja da safra deste ano já deve ser embarcada no novo trecho da ferrovia em outubro deste ano. Para 2015, a capacidade de transporte de grãos para o porto maranhense deverá ser de 1 milhão de toneladas.

Tags: ferrovias, inauguração, Ministro, presidente, transporte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.