Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

País

Abusividade da greve dos rodoviários em SP será julgada na segunda-feira

Agência Brasil

A abusividade da greve dos rodoviários no município de São Paulo será julgada na próxima segunda-feira (26) pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região. Hoje (22), terminou sem acordo a sessão de conciliação entre o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo e o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo.

Apesar de não entrarem em consenso, os dois sindicatos informaram que a paralisação de motoristas e cobradores foi encerrada na capital paulista. 

Também terminou sem acordo a audiência entre o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de São Paulo (Setmetro) e o Sindicato dos Motoristas de Veículos Rodoviários e Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários de Osasco e Região.

Os trabalhadores reivindicam 10% de reajuste salarial, proposta que não foi aceita pelas empresas. O TRT propôs retorno imediato dos trabalhadores ao serviço, permanecendo apenas em estado de greve; formação de comissão paritária para discutir o intervalo durante o intervalo na Viação Osasco; reajuste salarial de 8%, incluindo no percentual o reajuste de produtividade, aplicável a todas as cláusulas econômicas.

A proposta agora será levada à assembleia para deliberação da categoria.

Tags: greve, julgamento, paralisação, são paulo, trt

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.