Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

País

PTB formaliza apoio à reeleição de Dilma

Portal Terra

O PTB formalizou nesta quarta-feira apoio à presidente Dilma Rousseff em meio à formação de alianças às vésperas do início da corrida presidencial. A presidente reconheceu a lealdade da legenda em votações importantes e disse que o apoio do partido é fundamental em seu governo. Apesar dos afagos e de reconhecer sua herança trabalhista, Dilma não colocou o PTB no primeiro escalão do seu governo.

“É inequívoca a herança que o PTB carrega e tê-lo como suporte na minha aliança, no meu governo, é algo fundamental”, disse a presidente em um almoço na sede da executiva nacional do partido aliado. Fizeram parte do encontro as lideranças petebistas além dos ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Relações Institucionais).

Com o PTB como aliado, Dilma soma mais um minuto de televisão em sua propaganda eleitoral gratuita, que vai ao ar no segundo semestre. Em resposta ao suporte do partido, a presidente retribuiu o apoio ao dizer que o PTB pode contar com ela no apoio à candidatura do senador Armando Monteiro ao governo de Pernambuco.

“Considero fundamental a eleição de Armando Monteiro em Pernambuco. Ele pode contar com todos nós, porque ele representa um projeto muito adequado para o estado de Pernambuco. Quero dizer que a nos interessa que o PTB tenha uma bancada forte e estaremos atentos para que isso ocorra”, declarou a presidente.

Dilma lembrou ainda em seu discurso do histórico trabalhista do PTB e que ela foi filiada antes do também trabalhista PDT. A presidente dedicou parte importante de sua fala ao legado deixado pelo ex-presidente Getúlio Vargas, que, segundo ela, “integra a raiz do que se chama hoje de Brasil moderno.”

Saia justa

Durante o evento, a presidente do PTB Mulher, Cristiane Brasil, filha do ex-deputado federal Roberto Jefferson, preso no processo do mensalão, disse que a presidente é acusada injustamente de “gerentona”. Ao defender a presidente no episódio da compra da refinaria de Pasadena, Cristiane levantou suspeitas sobre a participação do empresário Jorge Gerdau no processo decisório da Petrobras, sugerindo que há tratamento desigual no caso por questões sexistas. Gerdau é aliado de Dilma e um de seus conselheiros no governo.

“Já ouvi dizer que a presidente é arrogante, gerentona. Sempre com conotação pejorativa. Eu duvido muito. Se somos parcerias afetuosas, somos julgadas como mulheres fáceis. Nós, mulheres do PTB, sentimos na pele o mesmo preconceito por nossa condição de mulher”, disse Cristiane.

“Agora ela (Dilma) é alvo pela compra da refinaria de Pasadena. ‘A gerentona errou, errou, errou. CPI nela!’. E o senhor Jorge Gerdau Johannpeter? Fez parte do mesmo conselho e assinou igual. Não vi uma linha sobre ele na imprensa, porque ele é financiador de todas as campanhas. Empresário, bem sucedido e rico”, acrescentou a presidente do PTB Mulher.

Tags: apoios, partido, presidencial, sucessão, trabalhista

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.