Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

"Não vai ter caos nos aeroportos durante a Copa", garante ministro

Jornal do Brasil

"Não vai ter caos nos aeroportos durante a Copa do Mundo", garantiu nesta quarta-feira o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, em audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara. "Essa palavra é muito forte, e indica absoluta bagunça", completou.

Segundo ele, a infraestrutura dos aeroportos brasileiros está preparada para o aumento do fluxo de passageiros com a Copa. Ele lembrou que o país já sediou outros eventos internacionais importantes. "Na Copa, vamos ter as dificuldades normais que qualquer país do mundo tem ao sediar eventos desse tipo; não há nenhuma excepcionalidade nisso", afirmou ainda o ministro. "Não vamos estar diminuídos com isso".

Porém, conforme Franco, isso não significa que todas as obras de reforma dos aeroportos nas cidades-sede serão entregues nos prazos previstos. "O país precisa começar a viver uma realidade em que os contratos sejam cumpridos", disse. "As obras que ainda não foram concluídas terão de ser concluídas", acrescentou, sem especificar o prazo para isso.

"Faltando 22 dias para a Copa, está evidente que os contratos não foram cumpridos", argumentou o deputado Fernando Francischini (SD-PR). Ele cobrou do ministro punição às empresas contratadas para fazer as obras e também a punição do presidente da Infraero.

Preços

Diversos deputados presentes à audiência reclamaram dos preços das passagens praticadas no Brasil. O presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys, destacou que existe liberdade tarifária no Brasil desde 2001 e salientou os benefícios dessa política. "De 2002 a 2012, o preço médio da passagem aérea no Brasil caiu pela metade", informou. "Ano passado houve aumento de 4% no preço médio, mas os preços já estão retornando para os preços praticados no ano anterior", completou.

"Acho que cabe uma pesquisa mais aprofundada sobre esses preços, porque a gente sente no bolso", disse o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG). "A gente está percebendo que os preços estão aumentando mais do que a inflação", complementou. O ministro Moreira Franco afirmou que a Anac vai encaminhar à comissão de seis em seis meses informativo sobre a evolução dos preços das passagens.

Com Agência Câmara

Tags: câmara, depoimento, franco, moreira, Mundial

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.