Jornal do Brasil

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

País

Professores em greve fazem passeata em São Paulo

Agência Brasil

Em greve, os professores municipais de São Paulo fizeram hoje (20) uma passeata, saindo da Avenida Paulista em direção à prefeitura, no Centro da cidade. Eles reivindicam a incorporação de um abono de 15,38% ao salário. De acordo com o Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal, atualmente, o bônus é pago a 16 mil dos 94 mil profissionais do setor.

Nas negociações, o sindicato defendeu a incorporação gradual do abono, mas, segundo a entidade, a proposta não foi aceita pela prefeitura.

“A greve vai continuar porque o governo mantém uma posição de intransigência. Hoje, temos mais de 15 mil pessoas nas ruas e a greve continua aumentando por causa dessa intransigência”, disse o presidente do sindicato, Cláudio Fonseca.

A Polícia Militar não tem uma estimativa de participantes da passeata. Em nota, divulgada no último dia 13, a Secretaria Municipal de Educação informou que o prefeito Fernando Haddad encaminhou um projeto de lei para aumentar o piso salarial dos professores, gestores e do quadro de apoio à educação em 15,38%. A medida elevará para R$ 3 mil o piso dos professores com jornada semanal de 40 horas-aula retroativamente a 1º de maio, segundo a secretaria.

Tags: Atos, magistério, paralisação, Paulista, ruas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.