Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

País

Criador da 'Dilma Bolada' denuncia tentativa de mudar viés político da página

Agência de publicidade teria tentado contratá-lo para apoiar o partido de Aécio Neves

Jornal do Brasil

O blogueiro Jeferson Monteiro, criador do perfil fake Dilma Bolada, divulgou uma denúncia em sua página no Facebook na noite desta segunda-feira (19). Jeferson afirma ter sido convidado por uma agência de publicidade para participar de um plano de venda de apoio político para as eleições presidenciais por meio de páginas nas redes sociais. Aquelas com grande número de "likes" começariam, segundo ele, a fazer campanha eleitoral para os candidatos que fechassem contrato com a empresa. 

Jeferson diz que a agência informou que o PSDB de Aécio Neves estava interessado na estratégia e que concordou em participar do esquema "só para saber até onde ia a cara de pau". Alguns dias depois, conta o criador do Dilma Bolada, o publicitário Pedro Guadalupe o enviou um e-mail para saber se era mesmo verdade que a personagem estava à venda, pois ele queria usar o seu "capital político/poder para mudar opiniões" dos internautas. O blogueiro informa que a agência queria que ele assinasse um contrato de exclusividade para que fosse efetuada a transição da página para os interesses "tucanos". De acordo com Jeferson, ele disse que só assinaria depois que o explicassem como tudo funcionaria, de fato. Na última semana, ele relata, a agência combinou com Guadalupe uma reunião com os dirigentes responsáveis pelo veredicto final. Jeferson aponta que foi nesta hora que deu um fim às negociações.

O criador de conteúdo declarou que resolveu expor a história porque há mais de um ano vem sido "constantemente atacado por pessoas dessa corja", à qual se refere como "Sujos e cínicos que têm a capacidade de inventarem (sic) mentiras absurdas que vão desde histórias de que mantenho 'ligação direta com a Presidenta' até 'de sou pago com o dinheiro público e recebo R$120 mil/mês' como foi dito recentemente num blog de simpatizantes tucanos".

"Não Pedro Guadalupe, eu não quero o dinheiro sujo de vocês. Diferentemente de você eu tenho caráter. Mas é esse o tipo de gente, que Aécio que diz com a maior cara de pau do mundo que 'não vai tolerar campanha suja na internet' mantém na equipe, em contato constante com sua irmã, fazendo o possível e impossível para atacar a honra das pessoas e espalhar todo esse chorume de desinformação na internet. É lamentável que tenhamos chegado a um ponto tão baixo", critica Jeferson. "Lealdade não se compra e nem se vende. RALA TUCANADA!", conclui a publicação.

Pedro Guadalupe, por sua vez, nega o desenrolar da história como contado pelo blogueiro. Em entrevista ao jornal "Extra", o publicitário afirma que queria conseguir uma "prova" do suposto interesse de Jeferson em mudar de lado. "Eu foi procurado pela agência, que ofereceu vários personagens da web, inclusive a 'Dilma Bolada'. Eu pensei: 'nossa, o Jeferson tá querendo mudar de lado'. Já sabia que ele estava insatisfeito com o espaço que tinha no PT. Comecei a me comunicar com alguns amigos jornalistas, que me disseram que eu precisaria de alguma prova. Mandei um e-mail para ele, e ele respondeu", conta. De acordo com Guadalupe, o e-mail foi enviado ao próprio PT e à Folha de São Paulo na tarde de segunda-feira.

Tags: Aécio, apoio, campanha, compra, denúncia, dilma bolada, Eleições

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.