Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

Sabesp: chuva deste domingo não atingiu o Sistema Cantareira

Agência Brasil

A tempestade que atingiu a cidade de São Paulo neste domingo, provocando o acúmulo de granizo em boa parte da cidade, não atingiu a região que abastece o Sistema Cantareira, na Grande São Paulo. Segundo a Sabesp, o nível no sistema, nesta segunda, era de 26,3 %, abaixo dos 26,7% registrado na última sexta-feira.

O Sistema Cantareira opera em nível crítico, mas teve a situação amenizada após o início do bombeamento das águas do volume morto, que fica abaixo da área de captação, na última quinta. Antes da utilização do volume morto, a represa registrava 8,2% de sua capacidade.

A Sabesp não soube informar o acumulado de chuva que atingiu a região da Cantareira em maio.

Chuva e gelo

Ruas no bairro da Aclimação, na zona sul de São Paulo, amanheceram cobertas de gelo nesta segunda-feira, um dia após a chuva de granizo que atingiu pontos da capital paulista. Muitos aproveitaram a paisagem para construir bonecos, tirar fotografias e se divertir. Foi o caso da família Salvatore, que mora na vila Mariana. "O meu marido viu na televisão falando que estava com gelo acumulado e, como é muito perto de onde moramos, levamos as crianças porque elas nunca tinham visto gelo ou neve", contou a administradora de empresas Ana Salvatore.

O temporal chegou a deixar a capital paulista em estado de atenção no domingo. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), houve registro de queda de granizo nos bairros do Butantã, Morumbi, Campo Belo, Mooca, Vila Matilde e no centro da cidade, na rua da Consolação. 

Devido ao granizo, as temperaturas despencaram de 25°C em média, por volta das 15h, para apenas 16°C às 17h30. Ainda de acordo com o CGE, o temporal foi causado por áreas de instabilidade que se deslocaram da região de Sorocaba para a Grande São Paulo. Houve rajada de vento no aeroporto internacional em Guarulhos, de 48 km/h às 17h20. Na região do Mirante de Santana, na zona norte, a estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), registrou ventos de até 44,6 km/h.

Tags: abastecimento, água, cantareira, racionamento, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.