Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

País

Ministro do Esporte acredita que manifestações na Copa serão pacíficas

Jornal do Brasil

Em audiência no Senado, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que a ONU, o Comitê do Prêmio Nobel da Paz, o papa Francisco e a própria Fifa manifestaram o desejo de que a Copa do Mundo seja um momento de luta pela paz. Ele apresentou nesta quinta-feira (15) as prioridades do ministério para 2014, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

"Que o mundo se preocupe em fazer desse momento, de grande visibilidade no planeta, um momento também de luta contra o racismo, de afirmação da paz. E acho que a população brasileira, que tem essa vocação, que tem essa tradição, também estará engajada nesse processo. E as manifestações que acontecerem, eu creio que serão pacíficas", disse o ministro.

Durante a audiência pública, o ministro tratou especificamente da Copa do Mundo, que, segundo ele, trará inúmeros benefícios ao país, como emprego, dinamismo econômico e visibilidade externa.

Com Agência Senado

Tags: aldo, Atos, brasil, Mundial, protestos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.