Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

País

Metroviários fazem passeata no centro de São Paulo por aumento salarial

Agência Brasil

Os funcionários do Metrô participam hoje (15) de um ato na região central da cidade para chamar a atenção para reivindicações que foram negadas pela empresa nas três reuniões feitas durante o período de campanha salarial da categoria. De acordo com o Sindicato dos Metroviários de São Paulo, são cerca de 9.500 trabalhadores com data-base em 1º de maio.

Os metroviários fizeram uma manifestação em frente ao Hotel Marabá, onde foram feitas as reuniões para negociação salarial, e saíram em passeata, passando pela Câmara Municipal em direção à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, também no centro da cidade, para tentar uma conversa com o secretário, Jurandir Fernandes.

Segundo informações do sindicato, o objetivo é negociar diretamente com o governo estadual, devido à falta de avanços durantes as conversas com os representantes da empresa.

Os trabalhadores reivindicam 35,47% de reajuste salarial (7,95% referentes a perdas salariais mais 25,5% de aumento real por produtividade), equiparação salarial, 36 horas semanais, reposição do quadro de funcionários e fim da privatização e da terceirização.

Tags: greve, Metrô, protesto, reivindicação, Salário, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.