Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

Greve-relâmpago de motoristas e cobradores tumultua trânsito na zona sul de SP

Agência Brasil

Os moradores dos bairros da zona sul da cidade de São Paulo enfrentaram dificuldade hoje (12) para tentar chegar ao trabalho devido à greve de advertência de motoristas e cobradores da empresa de ônibus VIP. A paralisação, iniciada às 4h, terminou por volta das 8h30 e, durante o período, foram bloqueadas várias vias na região, entre elas, a Avenida Guarapiranga.

O ato ocorreu em protesto contra o pagamento de horas em valor abaixo do verdadeiro e também para manifestar a insatisfação de motoristas que sofrem descontos nos salários em casos de acidente mesmo quando não há culpa do condutor, segundo Pedro Moreira Alcântara Júnior – diretor do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores Rodoviários Urbanos de São Paulo. Ele informou que a situação envolve cerca de 2 mil trabalhadores. A Agência Brasil procurou um representante da empresa, mas foi informada de que não havia ninguém disponível.

A greve afetou a operação de 19 linhas que atende à população com uma frota de 224 ônibus. Foi acionado o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) em sete linhas com a oferta de 86 veículos.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), por volta das 9h, ainda havia bloqueio no cruzamento da Avenida Guarapiranga com a Rua José Rafaeli. Nesse horário, a zona sul tinha 40 quilômetros (km) de congestionamento. Na região do centro expandido, a lentidão atingia 112 km.

Tags: greve, motorista, paralisação, são paulo, transporte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.