Jornal do Brasil

Sábado, 29 de Novembro de 2014

País

Extradição de Pizzolato: PGR pede ao STF para verificar condições da Papuda

Itália exige prisão onde se respeitem direitos humanos 

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou, nesta segunda-feira (12/5), pedido de autorização ao ministro Joaquim Barbosa, relator da ação penal do mensalão, para a realização de diligência, no Complexo Penitenciário da Papuda, a fim de registrar, em vídeos e/ou fotos, as condições daquela unidade prisional, consoante condições estabelecidas pela Justiça italiana no processo de extradição de Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil. Ele foi condenado a 12 anos e 7 meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal, e fugiu para a Itália, valendo-se de sua dupla nacionalidade, mas com passaporte falsificado.

"Tais registros serão imprescindíveis para a instrução do procedimento extradicional que tem curso perante a Corte de Apelação de Bolonha, Itália, pois, conforme solicitação do ministro da Justiça italiano, o Estado brasileiro deverá assegurar formalmente que, caso Henrique Pizzolato seja extraditado para o Brasil, o sentenciado cumprirá pena em um estabelecimento prisional onde sejam assegurados todos os seus direitos fundamentais", escreveu o procurador-geral no ofício.

Tags: banco brasil, diretor, federal, Supremo, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.