Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

País

Pagar bem os professores é estratégico para o Brasil, afirma Dilma

Jornal do BrasilCláudia Freitas

Na premiação da 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), nesta quarta-feira (7), na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, a presidente Dilma Rousseff afirmou que sem professores valorizados, bem capacitados, bem formados e valorizados socialmente, não é possível ter educação de qualidade. Para isso, ela lembrou a importância da lei sancionada em 2013 que destina 75% dos royalties do petróleo e 50% do fundo social do Pré-Sal para obter os recursos necessários na área da educação.

"Pagar bem os professores é algo estratégico nos próximos anos. Por isso que tem que usar o dinheiro dos royalties para pagar melhor o professor, e este país não pode ter constrangimento quando dissermos que temos que gastar com custeio em educação. Ou gasta com custeio ou não tem educação de qualidade, isso é algo que temos de reconhecer", analisou.

Dilma anunciou ainda recursos para a ampliação do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), responsável pela OBMEP. A presidente também disse que os medalhistas da olimpíada devem ter uma pontuação extra na continuidade do programa Ciência sem Fronteiras, que oferece bolsas em universidades de outros países para alunos brasileiros de graduação e pós-graduação.

“A gente sabe que quem teve medalhas de ouro na olimpíada de matemática tem uma determinada competência, e essa competência tem de ser aproveitada para o país. Tem de ter oportunidade de estudar lá fora, de ter um curso diferenciado. (…) Esse país tem de saber como melhor gastar o dinheiro dos impostos, e gastar melhor é gastar na educação, na formação profissional, técnica, e criando cientistas e pesquisadores”, comentou Dilma.

A cerimônia também teve a presença dos ministros da Educação, Henrique Paim, e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clélio Campolina Diniz. A Olimpíada de Matemática envolveu 18,7 milhões de alunos de mais de 47 mil escolas dos municípios brasileiros.

Dilma fez a entrega aos 500 medalhistas e foi convidada a fazer selfies por 30 alunos e deu 7 autógrafos, enquanto o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB) recebeu apenas um pedido para fazer seflie por um aluno de Minas Gerais. A presidente disse que a cerimônia tem um significado especial para as famílias dos estudantes e para o Brasil. "O Brasil tem um grande orgulho desses medalhistas", destacou. 

Ao final do evento, a presidente cumprimentou o governador Luiz Fernando Pezão, a quem se referiu como "companheiro", e fez uma saudação especial ao presidente da Alerj, Paulo Melo (PMDB-RJ).

Tags: dilma, evento, matemática, olimpíada, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.