Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

'Brasil vai bombar' e não explodir, diz Dilma

Presidente jantou com jornalistas no Palácio da Alvorada

Agência ANSA

A presidente Dilma Rousseff afirmou que em 2015 o "Brasil vai é bombar" e criticou as previsões dos adversários que anunciam reajustes financeiros para o próximo ano.

    A presidente concedeu na noite de ontem (6) uma entrevista durante um jantar oferecido a jornalistas no Palácio da Alvorada, em Brasília, na qual a economia foi o tema central do encontro. "Achar que o Brasil vai explodir em 2015 é ridículo. Me desculpe. O Brasil vai é bombar em 2015", afirmou ela.

    Apesar e esbanjar otimismo, Dilma afirmou que a "inflação está sob controle, mas não está tudo bem" e admitiu que existe um "mal estar" em relação aos preços que se explica pela diferença entre a taxa de crescimento dos bens com a taxa de crescimento dos serviços.

    No jantar, que durou quatro horas, a presidente tratou de vários temas, como a CPI da Petrobras, sobre a qual afirmou não temer nada sobre o assunto. "Meu governo é transparente e eu não devo nada".

    A presidente fez crítica aos seus adversários políticos, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), e destacou o apoio a sua pré-candidatura à reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, "tenho certeza de que o Lula me apóia neste instante".

Tags: brasil, economia, entrevista, jornalistas, presidente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.