Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

País

SP pagará até R$ 50 mil por denúncias que ajudem a solucionar crimes

Agência Brasil

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou hoje (6) que serão pagas recompensas por informações que levem à captura de foragidos da Justiça ou que ajudem na solução de crimes. O Programa Estadual de Recompensa pagará até R$ 50 mil pelas denúncias, que devem ser feitas pelo sistema Web Denúncia.

O informante receberá um número de protocolo que vai permitir o acompanhamento da investigação. O sistema permite anonimato total, até no recebimento da remuneração. Se a informação for considerada relevante, o denunciante receberá um número de cartão bancário virtual.

A recompensa poderá ser sacada de uma vez ou aos poucos, como com um cartão bancário comum, em caixas eletrônicos do Banco do Brasil. A relevância das informações será analisada caso a caso, e a decisão final sobre o pagamento da recompensa ficará a cargo da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

A coordenadora do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Patrícia Nogueira, acredita que apenas a médio prazo poderá ser avaliado se o sistema de recompensas é vantajoso. “Essa relação custo-benefício desse tipo de iniciativa precisa, no médio prazo, ser feita. [É preciso avaliar] Se esse investimento que o governo está fazendo na recompensa está de fato trazendo uma economia em termos de investigação, do trabalho da polícia”, ressaltou, em entrevista à Agência Brasil.

Entre os pontos positivos, Patrícia destacou a garantia de anonimato e a possibilidade do denunciante acompanhar o uso das informações. A especialista aponta, no entanto, que a novidade traz riscos para o Disque Denúncia. Ela lembrou que o canal telefônico, que teve, no final do ano passado, o incremento do Web Denúncia, funciona desde o ano 2000 e recebe entre 70 mil e 100 mil contatos por ano.

Segundo Patrícia, é possível que a remuneração traga um aumento do volume de denúncias, além da capacidade de processamento dos órgãos responsáveis. “Até que ponto o sistema e as polícias de São Paulo estão preparados para gerir um aumento no volume de núncias que vai chegar pelo sistema?”, questionou.

Outro possível problema é que parte da população perca o interesse espontâneo em fazer denúncias. “Em vez de ser uma participação espontânea, por cidadania, pela população se sentir ouvida nas questões de segurança pública, você pode mudar a lógica e as pessoas passarem a denunciar apenas ou principalmente os crimes que têm algum tipo de recompensa envolvida”, avaliou.

Tags: ajuda, Governo, pagamento, segurança, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.