Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

País

Servidores públicos da Cultura anunciam nova paralisação

Jornal do Brasil

O sindicato dos servidores federais da cultura anunciou, por meio de uma nota, que haverá uma paralisação dos serviços nos dias 7 e 8 de maio. Ao todo, 48 órgãos federais irão aderir ao movimento. Segundo o sindicato, “a paralisação busca a conclusão do cumprimento do acordo de 2007 com os servidores da Cultura, descumprido pelo governo”. Os servidores reivindicam o que chamam de “dificuldades impostas” no processo de negociação do Ministério de Planejamento, que, segundo o sindicato, não se reúne com eles desde 2011. A nota também diz que “as demandas dos servidores advém da necessidade de uma melhoria salarial.

De acordo com a nota, “a ideia principal do movimento paredista é promover a abertura de negociação junto ao Ministério do Planejamento que buscam emergencialmente a recomposição salarial e a implantação de um adicional de titulação, entre outras”. Segundo o sindicato, “Caso os servidores não sejam atendidos os servidores manterão o indicativo de greve para o dia 12 de maio, ameaçando o funcionamento dos museus e atividades culturais nos diversos estados durante a Copa”.

Os servidores ressaltam que o Ministério da Cultura tem procurado dialogar com o sindicato ,e tanto a Secretária Executiva ( Ana Cristina Wanzler ), quanto a Presidente do IPHAN ( Jurema de Sousa Machado ), já receberam a representação dos servidores e se comprometeram a reabrir as negociações. A nota explicita que já estão agendadas reuniões com o Presidente da Fundação Cultural Palmares e do Instituto Brasileiro de Museus.

A última paralisação dos servidores federais da cultura aconteceu este ano, no dia 29 de abril. No Rio de Janeiro, as atividades foram suspensas em 12 órgãos, como o Museus Nacional de Belas Artes, o Museu Histórico Nacional e a Superintendência do IPHAN.

Tags: Copa, greve, iphan, ministério da cultura, negociação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.