Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

País

SP: professor é acusado de aliciar haitianos em igreja

Portal Terra

Um professor universitário é acusado de aliciar haitianos em uma igreja que recebe os imigrantes no centro de São Paulo. De acordo com a secretária de Segurança Pública do Estado, o docente, do curso de comércio internacional em uma universidade da região, foi acusado por uma advogada de cobrar taxa para conseguir empregos para os refugiados, que estão instalados na Rua do Glicério, região da Sé, centro de São Paulo.

Em seu depoimento, a advogada afirmou que estava na paróquia Nossa Senhora da Paz recepcionando os imigrantes haitianos que têm chegado à capital. Quando foi procurado por um voluntário da igreja, o rapaz teria notado a presença de um homem, que estaria intermediando a contratação de haitianos por empresários, mediante o pagamento de uma taxa.

A testemunha, em princípio, não confirmou que o educador estivesse agenciando os imigrantes. O docente nega o aliciamento e afirma que estava no local em busca de contatos, a fim de agendar uma visita dos alunos para conhecer a realidade da região.

O professor universitário ainda relatou que, após conversar com um padre, foi abordado por haitianos que perguntaram se sabia de oportunidades de emprego. Ele teria respondido que sim, por ter amizade com empresários, e se colocado à disposição.

O caso foi registrado no 8º distrito policial (DP) do Brás como estelionato e o educador está sendo averiguado. 

Tags: abrigo, haiti, igreja, imigrantes, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.