Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

País

Padilha: assinatura de parceria com Labogen foi técnica

Portal Terra

O ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT) afirmou nesta sexta-feira que “tudo o que está sendo revelado” pelo Labogen impediria a assinatura de contrato com o laboratório, usado pelo doleiro Alberto Youssef para remessas ilegais de dinheiro para o exterior. A declaração, dada em Ribeirão Preto, foi publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo neste sábado, após ter sido revelado que o pré-candidato do PT ao governo de São Paulo teria participado como testemunha em um acordo do Labogen.

Padilha disse que o termo de compromisso para uma possível Parceria de Desenvolvimento (PDP) com o Labogen, assinado por ele, foi recebido após uma “profunda avaliação técnica”. 

Segundo ele, o termo de compromisso foi elaborado pelo laboratório da Marinha, mas passaria ainda por uma “série de filtros de avaliação” antes da assinatura de um possível contrato.

Tags: doleiro, Fraudes, laboratório, Ministro, SAÚDE

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.