Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

País

Dilma é aclamada oficialmente como pré-candidata do PT

Jornal do Brasil

A presidente Dilma Rousseff foi aclamada como pré-candidata do Partido dos Trabalhadores à Presidência da República, nesta sexta-feira (2), no XIV Encontro Nacional do PT. O encontro reuniu as principais lideranças do PT e de partidos aliados, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a própria presidente Dilma Rousseff e o presidente do PT, Rui Falcão.

Lula começou seu discurso parabenizando a presidente pela aprovação do Marco Civil da Internet e pelo pronunciamento de 1º de maio. O ex-presidente lembrou que os números conseguidos em 12 anos de governos progressistas são impressionantes. “Foram desapropriados 49 milhões de hectares de terra”, exemplificou, “isso é 55% do que foi feito desde o descobrimento do Brasil. Precisa fazer mais, mas não podemos esquecer do que foi feito”.

Em encontro do PT, Lula confirma que Dilma é candidata à reeleição
Em encontro do PT, Lula confirma que Dilma é candidata à reeleição

Lula afirmou ainda que o Brasil tem um atraso histórico na área de educação, só tendo sua primeira universidade em 1930, muito depois que outros países latino-americanos. “Nós estamos recuperando isso. Passamos de 3 milhões para 7 milhões de universitários”.

Os dados comparativos do Brasil com outros países do mundo também foram ressaltados por Lula. “Tenho certeza que muita gente aqui não sabe. São dados que deveriam ser notícia, mas não são”, afirmou ao citar que o Brasil é hoje a 7a economia mundial – e será a 5a até 2016 -, o 2o maior país exportador de alimentos, a 4a indústria naval e o 5o destino de investimentos externos. “Precisamos ver o que era o país e o que virou hoje”.

A presidente Dilma lembrou que o Brasil resistiu à crise econômica mundial: “O Brasil não se rendeu. Soubemos defender o emprego e o salário, os dois maiores bens dos trabalhadores”. Ela ressaltou ainda que nosso país foi um dos que melhor passou pela crise, gerando milhões de postos de trabalho enquanto em diversos outros países, trabalhadores perderam seus empregos.

“Temos maior programa habitacional do mundo, fizemos o maior programa de ensino técnico da história desse país e levamos médicos a todos os municípios do Brasil”, afirmou Dilma. “Fizemos muito, mas tenho certeza que podemos fazer ainda mais”.

“Eu não fui eleita para afrouxar salário de trabalhador, para mudar nome da Petrobras ou para fazer o Brasil se curvar a organismos internacionais. Fui eleita para governar de cabeça erguida e é isso que continuarei fazendo”, desabafou.

Depois de pedir que todos levantassem seus crachás em aprovação à pré-candidatura de Dilma, Rui Falcão lembrou que as pesquisas mostram que o povo brasileiro quer mudança: “Só continuando com Dilma podemos continuar mudando. Só quem mudou tanto pode mudar mais e melhor”.

Tags: executiva, lançamento, Lula, nacional, PT, reeleição

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.