Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

The Guardian: como as mídias sociais dão uma nova voz para protestos no Brasil

Jornal inglês destaca mídia alternativa e tecnologia para contar uma versão diferente da história

Jornal do Brasil

O jornal inglês The Guardian lançou uma reportagem neste domingo (27) sobre o papel da mídia alternativa na cobertura dos protestos no Brasil. A mídia independente, que teria emergido ao longo de 2013, criticaria a deturpação dos problemas por parte da mídia tradicional. A publicação destaca que, armados com smartphones, câmeras digitais e aplicativos como Twitcasting e Twitcam, o que permite transmitir os acontecimentos ao vivo, as novas mídias estariam expondo sua própria versão dos eventos. Alguns deles estariam atingindo uma imensa audiência por todo o país e pensando em expandir o alcance internacionalmente.

A matéria chama a atenção para a Mídia Ninja, que narram os acontecimentos ao vivo na linha de frente. Em determinado momento, a audiência da transmissão chegou a 180.000 pessoas. A organização estaria trabalhando com outros coletivos e ativistas para ocupar uma área histórica do Rio de Janeiro durante a Copa, com espaço para debates e protestos, assim como um centro de multimídia para jornalistas independentes. 

Tags: comunicação, copa do mundo, manifestações, manipulação, mídia, mídia alternativa, mídia ninja, protestos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.