Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

País

Base aliada quer acelerar indicação de nomes para CPI da Petrobras

Jornal do Brasil

Os partidos da base aliada do governo concordam que devem indicar os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras o “mais rapidamente possível”, informou nesta segunda-feira (28) o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PE). De acordo com ele, as indicações podem começar na próxima semana.

O senador disse que o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), vai pedir a indicação dos nomes depois de receber a notificação da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a instalação de uma comissão exclusiva. “Cada um dos partidos e dos blocos vai sentar e discutir quais são os seus nomes e rapidamente nós colocaremos a CPI em funcionamento”, informou, após reunião de líderes da base aliada no Palácio do Planalto.

Segundo o líder, não foram discutidos, durante o encontro, nem o papel nem as indicações de cada partido na comissão. “O maior bloco decide o que é melhor para ele, o PMDB naturalmente vai definir se quer a presidência ou relatoria. Nossa expectativa é que isso vai ser dividido também com os demais líderes, essa opinião vai ser ouvida também.”

Humberto Costa disse que há diferentes interpretações sobre a possibilidade de criação de uma comissão no Senado e outra mista sobre o mesmo tema, mas acredita que a Casa “está capacitada a fazer a investigação que sociedade deseja ver”.

Sobre uma comissão para investigar as suspeitas envolvendo a empresa Alstom e o Metrô de São Paulo, o senador informou que já foram recolhidas todas as assinaturas necessárias na Câmara dos Deputados. “Vamos continuar a coleta a partir de amanhã no Senado”, disse.

Na reunião à tarde, com o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, estiveram presentes os líderes do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), do governo no Congresso, José Pimentel (PT-CE), além dos líderes do PMDB, Eunício Oliveira (CE); do PCdoB, Vanessa Grazziotin (AM); do PDT, Acir Gurgacz (RO); e do bloco União e Força (PTB, PR e PSC), Gim Argello (PTB-DF).

Tags: aliados, comissão, cpi, Petrobras, PT

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.