Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

País

The Atlantic: Pastora lésbica ex-ex-gay prega tolerância no Brasil

Revista norte-americana conta a história de Lanna Holder

Jornal do Brasil

A revista norte-americana The Atlantic publicou uma matéria no dia 17 de abril contando a história da pastora lésbica evangélica, Lanna Holder. Lanna prega na igreja evangélica "Cidade do Refúgio", em São Paulo. Ela tentou oprimir sua sexualidade quando se converteu ao Cristianismo e até se casou com um homem e teve um filho. Entretanto, em uma viagem para os Estados Unidos, a pastora conheceu sua atual mulher e tudo mudou.

A publicação entrevistou a religiosa, que garantiu que a Bíblia, na verdade, não condena a homossexualidade. "Na original versão da Bíblia, a homossexualidade não foi amaldiçoada, mas sim a imoralidade. O problema foi a tradução. Em Leviticus, o problema é que deitar-se com um homem era contra a tradição judaica. Mas isso também vale para comer porco", defende. Assim, o site da igreja garante que "é possível viver sob a vontade de Deus e ser homossexual".

A matéria chama atenção, ainda, para um estudo que mostrou que existem pelo menos 10 igrejas evangélicas para gays no Brasil, principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Tags: evangélica, homossexualidade, lésbica, pastora, religião

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.