Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

País

Motorista embriagado atropela família e mata 2 no DF

Portal Terra

Um motorista embriagado matou duas pessoas e deixou outras seis feridas na noite de domingo, no Distrito Federal. Segundo a Polícia Civil, ele tentou fazer uma ultrapassagem irregular pelo acostamento quando acabou atropelando uma família.  O acidente ocorreu na DF-005, no sentido Paranoá. Testemunhas informaram que o motorista trafegava em alta velocidade.

O motorista foi identificado como o técnico de informática Marcelo Luiz Barros, 41 anos. Ele conduzia um Hyundai Azera. Na tentativa frustrada de ultrapassagem, ele bateu contra um Vectra, que estava estacionado após apresentar problemas e onde a família se encontrava. Ivone Souza Reis, 33 anos, morreu no local. A sobrinha dela, Cássia Santos, 13 anos, chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta segunda-feira. O irmão dela, Davi, 5 anos, está internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Base. Também está atendimento o motorista do Vectra, que é marido de Ivone.

Segundo o delegado adjunto da 9ª Delegacia de Polícia, Ricardo Viana, foram encontradas latas de cerveja vazias no interior do Azera. O motorista foi detido e autuado em flagrante por homicídio doloso. Ele não tinha antecedentes criminais. Mesmo se recusando a fazer o teste do bafômetro, um perito do Instituto Médico Legal (IML) constatou a embriaguez por meio de exame clínico.

“Uma testemunha relatou que estava a 80 km/h, velocidade limite, e que o veículo conduzido por Marcelo passou muito rápido”, disse o delegado. “Pelo estado de embriaguez, pela velocidade concentrada naquele momento, o motorista assumiu o risco de provocar o acidente. Ainda mais que ele efetuou uma ultrapassagem pelo acostamento”, acrescentou.

Tags: acidente, álcool, atropelamento, Distrito Federal, morte

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.