Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

País

Doleiro Youssef tem relação com a Delta

Sua empresa, Malga Engenharia, foi subcontratada para obra estatal da BR-163

Jornal do Brasil

A empresa Malga Engenharia, do doleiro Alberto Youssef foi contratada pela Delta Construções para uma obra de R$ 144 milhões, do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit). Amigo do deputado André Vargas (PT-PR), que está de licença depois de pressões internas do partido, Youssef foi preso no mês passado pela Polícia Federal durante a Operação Lava Jato.

Segundo reportagem do Jornal O Globo, A Malga foi subcontratada pela Delta, que está proibida de firmar contratos com o governo desde 2012, quando aconteceu a CPI do Cachoeira. A Malga deveria realizar as obras de recuperação da BR-163, com fundos do Dnit. O valor do contrato foi de R$ 114,6 milhões.

Segundo a Veja, Youseff é acusado de chefiar um esquema de lavagem de dinheiro que chega a R$ 10 bilhões e envolve, entre outras empresas, a Petrobras. Na casa de um ex-diretor da estatal, que também foi preso, Paulo Roberto Costa, foram encontradas anotações que indicam sua intermediação nos negócios entre a estatal e políticos. Paulo Roberto Costa mantinha um caderno com nomes dos colaboradores, entre eles as empresas Mendes Júnior, UTC/Constran, Engevix, Iesa, Hope RH e Toyo-Setal.

Paulo Roberto virou alvo da polícia por causa das relações estreitas com Youssef. André Vargas, por sua vez, também é amigo de Youssef. Ele foi flagrado em conversas comprometedoras com o doleiro. O PT queria que ele renunciasse ou seria expulso da legenda. Vargas, porém, tirou uma licença de 60 dias e abdicou da vice-presidência da câmara.

Tags: alberto youssef, andré vargas, delta, malga, paulo roberto costa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.