Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

País

Gilberto Carvalho fala de Copa em evento para a juventude

Agência Brasil

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse nesta sexta-feira (11), durante evento dedicado à juventude, que a geração dele cumpriu o papel político e garantiu não ter peso na consciência. Ele acrescentou, em tom de brincadeira, que não esperava as reações contra a Copa do Mundo.

"Vocês também nos dão desespero pelas coisas que vocês fazem. A gente organiza uma Copa do Mundo, achando que vai ser uma festa, e vocês vêm e dão porrada, [dizem] é uma merda", disse o ministro.

Referindo-se à responsabilidade da geração atual, o ministro salientou que a geração dele cumpriu o papel: "Enfrentamos a possibilidade de construir um governo popular, e estamos fazendo uma porção de coisas boas para este país. A gente não tem consciência pesada. A gente faz política para servir, não para subir na vida. A gente não tem complexo de culpa".

O ministro fez as declarações a menos de seis meses das eleições, quando o governo enfrenta denúncias sobre irregularidades na Petrobras, a renúncia do deputado André Vargas (PT-PR) à primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados, inflação em alta e redução de apoio popular nas pesquisas de opinião.

Em frases soltas, sem continuidade, ele disse que "a gente foi até um ponto, e falta muito para fazer. Tem coisa que a gente sabe que não dá mais; jeitos que nós criamos; as ferramentas que nós criamos, que não dão conta mais; partidos". E continuou: "A gente percebe que vocês não se encaixam, que não se sentem representados".

O ministro também citou a questão da mobilidade urbana, que desencadeou as manifestações registradas em várias cidades, no ano passado. "Esse modelo de desenvolvimento que criamos está errado. Nas cidades não se consegue mais andar. Há violência, o trânsito é insuportável, não se respeita a natureza, não se respeita o outro".

O ministro disse que cabe à juventude as mudanças futuras. "Se não forem vocês agora pegarem essa responsabilidade, com o mesmo entusiasmo, a mesma generosidade que a nossa geração fez, com a mesma criatividade e ousadia, não vamos dar conta".

Carvalho participou da abertura do Curto Circuito da Juventude, que ocorre até domingo (13), em Brasília. O evento, que reúne 70 jovens de todas as regiões do país, com o objetivo de estabelecer um diálogo com a juventude brasileira, a partir de práticas culturais e artísticas, bem como da definição de prioridades para a construção de um Programa Nacional de Cultura e Juventude.

Tags: Copa, gilberto carvalho, jovens, manifestações, palestra

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.