Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

País

Suspeita de rituais satânicos mata mãe a facadas em Bauru

Portal Terra

Uma jovem suspeita de praticar rituais satânicos matou a mãe a facadas em Bauru, no interior de São Paulo, na noite de domingo, e depois procurou a polícia para se entregar. Cássia Martins Servulo, 22 anos, alegou que era abusada pelos irmãos incentivados pela mãe, Zenaide Martins Servulo, 54 anos, e que não aguentava mais ser vítima de violência sexual. 

O crime ocorreu na casa da família, na rua Tamandaré, no Jardim Vitória. Cássia desferiu vários golpes no rosto e no peito da mãe. Segundo a Polícia Militar, a suspeita procurou a base Oeste da PM, na vila Falcão, e disse aos policiais que havia matado a mãe com diversos golpes de faca, além do cachorro de estimação da família. "Ela estava muito tranquila. Quando chegou na base disse apenas 'vim comunicar que acabei de matar minha mãe. Em seguida, ela colocou a faca suja de sangue sobre o balcão", contou o major da PM Alan Terra. 

Os PMs foram até a residência da família na companhia da suspeita e, ao chegar no local, se depararam com o cão da estimação da família morto no quintal da casa. Além disso, havia marcas de sangue pelo corredor, sala e cozinha da casa. Cássia indicou o local onde o corpo da mãe estava, em um corredor ao lado do muro da casa, cuja passagem havia sido obstruída por uma porta velha. A Polícia Técnica foi acionada e o corpo da vítima encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). 

Questionada sobre a motivação do crime, a jovem afirmou aos policiais que os irmãos abusavam sexualmente dela, que a mãe não fazia nada para impedi-los e que até os incentivava. Como não aguentava mais a violência sexual sofrida, ela confessou que esfaqueou a mãe para dar um basta na situação. 

Ainda segundo a PM, três irmãos da jovem, sendo dois mais velhos, de 32 e 28 anos, e um mais novo que Cássia, de 20 anos, moram na mesma casa, mas não estavam no local no momento do crime. Os policiais entraram em contato com eles, mas apenas um quis falar com os policiais.

Ele informou que, "de tempos em tempos", a irmã tem surtos de personalidade, muito embora tenha "boa personalidade" quando está normal. Ele negou que os três tivessem abusado da irmã e afirmou ainda que a mãe nunca incitou esse tipo de situação. Os irmãos da jovem teriam dito ainda aos policiais que recentemente Cássia começou a se envolver em rituais satânicos. 

Cássia foi presa em flagrante e será indiciada por homicídio doloso qualificado. Ela foi encaminhada à cadeia feminina de Pirajuí (SP).

 

Tags: crime, interior, polícia, prisão, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.