Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

País

André Vargas pede licença do mandato de deputado

Jornal do Brasil

O 1º vice-presidente da Câmara, deputado Andre Vargas (PT-PR), entrou com pedido de licença por 60 dias, sem remuneração, para “tratar de interesses particulares”, de 7 de abril a 5 de junho. O cargo de 1º vice-presidente da Câmara ficará vago nesse período e as tarefas do cargo podem ser designadas a qualquer membro da Mesa Diretora. 

Para compor o quórum da Mesa Diretora, será chamado o primeiro suplente do colegiado, deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE).

Uma reportagem do Jornal Folha de S.Paulo, publicada na semana passada, informa que Vargas usou um avião contratado pelo empresário Alberto Youssef para uma viagem a João Pessoa. Segundo o jornal, o empréstimo da aeronave foi discutido entre os dois por mensagem de texto no início de janeiro. O parlamentar explicou, por nota, que é amigo de Youssef e negou envolvimento com os negócios do doleiro.

No discurso em Plenário no último dia 2, Vargas voltou a negar envolvimento com o doleiro Alberto Youssef. De acordo com reportagem da Revista Veja desta semana, que divulgou mensagens interceptadas pela Polícia Federal em que Vargas teria prometido ajudar Youssef em contratos que o doleiro pretendia fechar com o governo federal na área da Saúde.

Youssef está preso desde o dia 17 pela Operação Lava Jato, deflagrada pela Polícia Federal em seis estados e no Distrito Federal. Mais de 20 pessoas foram presas suspeitas de participar do esquema de lavagem de dinheiro que, segundo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), movimentou mais de R$ 10 bilhões. Um dos presos foi o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

Com Agência Câmara 

Tags: câmara, doleiro, licença, relação, vice

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.