Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Governador do Tocantins oficializa renúncia do cargo

 

Portal Terra

O vernador do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB), e o vice, João Oliveira, renunciaram os cargos nesta sexta-feira, em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa do Estado. O governo foi assumido pelo presidente do Legislativo estadual, deputado Sandoval Cardoso (SDD). 

No documento, dirigido ao presidente da Casa de Leis, o governador, que não compareceu à sessão, enfatizou que foi uma honra servir o Tocantins e que continuaria com esse propósito. "Reafirmo nessa oportunidade, o meu propósito de continuar servindo ao bravo povo tocantinense, respeitando as normas sobre inelegibilidade definidas pela Constituição Federal", frisou o trecho da mensagem.

Com a renúncia, Siqueira deixou em aberta a possibilidade de seu filho, o ex-senador Eduardo Siqueira Campos (PSDB), concorrer à principal cadeira do Palácio Araguaia. Eduardo não poderia disputar o pleito se o pai, parente de primeiro grau, estivesse como chefe do poder Executivo. Segundo o calendário eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prazo para desincompatibilização vence neste sábado.

Durante a sessão, o ex-senador, que fez parte da mesa diretora, disse em seu discurso que não irá participar das eleições indiretas. Ele, porém, afirmou que não é segredo seu desejo de se tornar governador do Tocantins.

Siqueira Campos deve concorrer a uma vaga no Senado. Seu filho, porém, não quis comentar nada sobre o assunto e apenas se limitou a dizer que o pai está apto a concorrer a qualquer cargo. 

Após a renúncia, o presidente da Assembleia assumiu o cargo por 30 dias. Depois desse prazo, os deputados elegerão o governador do Estado, a exemplo do que ocorreu com o ex-governador Carlos Guaguim (PMDB). Em 2009, ele assumiu o Estado, depois que o ex-governador Marcelo Miranda foi cassado por compra de votos e abuso de poder político. 

Tags: cargo, deixou, Governador, PMDB, PSDB, Renuncia, Siqueira Campos, tocantis, TSE

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.