Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

País

Word Skills Américas desperta interesse por carreiras técnicas

Agência Brasil

No espaço reservado para as 31 modalidades da Word Skills Américas, em Bogotá , os jovens profissionais dos 17 países representados viram “celebridades”. Enquanto executam as tarefas da competição, são observados por crianças e adolescentes de escolas colombianas. O torneio acaba cumprindo duas funções: despertar o interesse pela educação profissionalizante e melhorar o nível técnico das escolas.

“Quem visita os torneios e vê um competidor trabalhando fica motivado e interessado na carreira técnica profissionalizante. Os competidores são levados a ser dedicar e a buscar a excelência”, disse à Agência Brasil , Marcelo Mendonça, o “team leader”, chefe da delegação brasileira de competidores em Bogotá.

Ele acredita que a competição eleva o padrão das escolas o que acaba se refletindo no mercado. “Aumenta a qualidade do trabalho na indústria, no comércio e no setor de serviços”, comentou.

Nos corredores das provas, crianças e adolescentes fazem vídeos dos competidores e o Brasil chama especial atenção. Na área de cozinha, a mineira Poliana Aparecida do Nascimento, 20 anos, é observada por dezenas de estudantes. A representante brasileira trabalha concentrada para concluir a tarefa do dia.

“Olha só, ela nem olha pra gente, parece que nem estamos aqui”, disse à Agência Brasil , a estudante Martha Ruiz, 16 anos, que acompanhou mais de três horas de prova, reparando atentamente em cada detalhe. “Ela cozinha igual a uma chef”, comentou.

O período de preparação dos competidores brasileiros é bastante intenso. “Já aprendemos a fazer isso e os meninos e meninas treinam diariamente e constantemente nas etapas estaduais das Olimpíadas do Conhecimento”, destacou Marcelo Mendonça.

Os especialistas que acompanham as delegações de outros países elogiam o nível dos competidores brasileiros. Juan Diaz, responsável pela delegação da Guatemala, destaca que, na maioria das modalidades, o nível dos brasileiros é mais alto que o do centro-americano, por exemplo. “O Brasil tem muito mais estrutura, equipamentos e ferramentas, mas isso não nos desmotiva. Para os jovens que estão aqui é uma oportunidade de trocar experiências, de aprender e de querer estudar mais.”

Ele conta que também há intercâmbio entre os especialistas (170 acompanham as provas). “A gente também aprende. Eu falei com o especialista em mecânica do Brasil e ele me deu ótimas ideias e dicas, que podemos aplicar”, contou.

Para Horacio Alberto, 20 anos, representante de Honduras na modalidade de mecânica industrial, participar da prova é uma honra e a realização de um sonho.

“Quando eu era criança, gostava de mexer na caixa de ferramentas do meu pai. Aí eu cresci e consegui uma vaga na escola pública de mecânica. Não parei mais”, disse Alberto, um dos quatro competidores da delegação de Honduras.

“Meu país é pequeno e tem muitos problemas com gangues e violência. Tem gente que me vê viajando para fora e fazendo uma coisa legal assim e resolve estudar também”, completou Alberto que se vê como um exemplo para sua comunidade.

O trabalho dele é acompanhado por um grupo de crianças de 10 anos. Rubem, Juan Pablo e Diego são estudantes do quinto ano em uma escola pública colombiana. Eles fazem perguntas para os especialistas das provas e levam folhetos sobre cursos.

Rubem diz que aprendeu muito no evento. “Está tudo guardado aqui”, disse, colocando o dedo na cabeça. Com metas ambiciosas, Juan Pablo diz que vai fazer mecânica e estudar muito. “Vou me destacar, porque vou montar um monte de coisas legais. Vou ser tão bom, que vou representar a Colômbia no Brasil.”

As provas da Word Skills Américas começaram na última quarta-feira (2) e terminam amanhã (5). Os jovens cumprem tarefas diárias. Os vencedores, que receberão medalhas de ouro, prata e bronze, serão anunciados no domingo (6). Eles também são classificados para a prova mundial da Word Skills Internacional, prevista para o ano que vem.

Tags: bogotá, educação, ensino, profissionais, técnico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.