Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Governo de PE inaugura primeira etapa da Adutora do Siriji 

Jornal do Brasil

A oferta de água para cinco municípios da Mata Norte pernambucana foi oficialmente ampliada nesta quarta-feira, com a inauguração da primeira etapa da Adutora do Siriji. Com investimentos de R$ 48 milhões, o sistema amplia a vazão da água na região para 150 litros por segundo, beneficiando cerca de 70 mil pessoas das cidades de Aliança, Condado, Itaquitinga, Buenos Aires e Vicência. O empreendimento foi inaugurado pelo governador Eduardo Campos, no distrito de Murupé, na cidade de Vicência. 

Nesta primeira etapa, foram implantados 74 quilômetros de tubulação de um total de 114 quilômetros que compõem a Adutora do Siriji. Já está em operação uma estação de bombeamento de água potável e uma para água bruta (que ainda não foi tratada), além do primeiro módulo da estação de tratamento de água com capacidade de vazão de 300 litros por segundo. A primeira etapa do sistema também conta com um reservatório com capacidade para armazenar 900 mil litros de água.

Na presença dos moradores do distrito de Murupé, o governador Eduardo Campos destacou a qualidade da água que já chega nas torneiras das casas da população. "Aqui, antes, tinha um sistema com uma água barrenta, com muito manganês e ferro. Muito diferente da água produzida nessa estação agora, que sai com tratamento adequado como recomenda todas as normas de saúde pública", disse o governador, ao destacar que a reestruturação do abastecimento de água em Pernambuco é resultado da ausculta feita à população durante o Programa Todos por Pernambuco. 

Quem também atestou a qualidade da água foi o prefeito do município, popularmente conhecido como Doutor Paulo. "Podem pegar água ali que eu e o governador vamos beber", brincou, apontando para a Estação de Tratamento de Água do Siriji, local onde o evento foi realizado. Com o abastecimento dos municípios comprometido em razão do crescimento da população e da limitação dos sistemas existentes, o novo sistema vai complementar o abastecimento das cidades captando água na barragem do Siriji, que pode acumular até 17 milhões de metros cúbicos.

"A maioria das cidades da Mata Norte se utilizava de sistemas de captação direta dos rios, que no passado eram perenes e abundantes em água. Mas de uns dez anos para cá, nossos mananciais têm sofrido com a mudança climática e com a ocupação da terra por outras culturas", explicou o secretário de Infraestrutura, João Bosco de Almeida, ao destacar que em 2007 apenas 700 mil pernambucanos recebiam água tratada contínua em casa. Hoje, cerca de quatro milhões de pernambucanos recebem água contínua nas torneiras.

O governador visitou também a fábrica da Itaipava, que está em processo de instalação no município de Itapissuma, no Litoral Norte do Estado. Com previsão de inauguração para o segundo semestre deste ano, a implantação da unidade contou com cerca de R$ 600 milhões em investimentos, e vai gerar cerca de mil empregos diretos quando estiver em plena operação. A unidade de Itapissuma, do Grupo Petrópolis, é a segunda maior cervejaria do Brasil, e terá capacidade de fabricar 600 milhões de litros de cerveja ao ano. O protocolo de intenção para construção da fábrica foi assinado em agosto de 2012.

Tags: Governo, investimentos, Obras, Pernambuco, recursos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.