Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Moradores de favela entram em confronto com polícia durante incêndio

Portal Terra

O clima está tenso entre moradores de uma favela na zona leste de São Paulo, a polícia e os bombeiros que estão no local. O incêndio que atingiu uma favela no bairro da Penha, zona leste de São Paulo, na tarde desta quarta-feira, destruiu 90% de um total de 400 barracos. A afirmação é do porta-voz do Corpo de Bombeiros no local, capitão Valdir dos Santos. Ele diz que o fogo mais intenso já foi controlado, e por volta das 18h teve início o trabalho de rescaldo.

Um grupo de moradores gritando "moradia, moradia" entrou em confronto com a polícia por volta das 18h20. Policiais reagiram com bombas de gás e bolas de borracha, dispersando o grupo, segundo informações do major Anderson Higachi, da Polícia Militar.

De acordo com o capitão, ainda não há informações sobre vítimas, Segundo ele, este não é o primeiro incêndio a atingir a comunidade. Os próprios moradores dizem que outro incêndio atingiu 198 barracos há menos de dois anos. "As causas ainda serão apuradas. são desconhecidas, mas o fato é que havia inúmeras ligações de energia irregulares na favela", disse.

Santos estimou em uma hora e meia os trabalhos de rescaldo no local. Ao todo, foram destinados 50 homens e pelo menos 30 viaturas para combater o fogo. Equipes da Defesa Civil também estão no local.

O coordenador-geral em exercício da Defesa Civil, coronel José Koki Kato, afirmou que as famílias estão sendo cadastradas para serem encaminhadas a abrigos da prefeitura. Cerca de 1,5 mil pessoas devem ser realocadas.

 

Tags: comunidades, Fogo, leste, são paulo, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.