Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

Proteste: Brasília está entre os piores aeroportos do mundo

Pesquisa envolveu usuários de 14 aeroportos e três companhias aéreas

Portal Terra

O aeroporto de Brasília foi considerado um dos piores do mundo, segundo sondagem feita pela Proteste sobre a percepção do usuário em relação aos serviços do segmento em 150 aeroportos e 70 empresas aéreas.

No total, nove mil pessoas de países como Brasil (623 usuários), Bélgica, Portugal, Espanha, França e Itália responderam questões sobre suas experiências em 2013 com o setor aéreo.

Os aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, e do Galeão, no Rio de Janeiro, apresentaram o pior tempo médio de espera de bagagem, com 28 minutos, além da falta de salas de espera e de restaurantes tidos como satisfatórios, ficando à frente apenas do de Bangcoc, na Tailândia. O Recife foi o único aeroporto em que as cadeiras são classificadas como boas.

O transporte público das cidades de Porto Alegre e Curitiba foram considerados um pouco melhores, assim como as opções de táxi em Natal. No critério estacionamento, Recife e Florianópolis foram os melhores avaliados. Todos os outros brasileiros receberam notas baixas.

A sondagem avaliou quesitos como falta de acesso adequado por carro, demora no tempo de deslocamento até o portão de embarque, procedimentos de segurança impróprios e falta de orientações ou informações confusas durante o check-inParticiparam da avaliação os aeroportos de Recife, Porto Alegre, Natal, Viracopos, em Campinas (SP), Florianópolis, Curitiba, Salvador, Congonhas, Galeão, Fortaleza, Confins, em Belo Horizonte, Santos Dumont, Guarulhos e Brasília. 

Companhias aéreas

Entre os serviços oferecidos nas classes econômicas, foram avaliadas as brasileiras Gol, TAM e Azul. A Gol liderou a lista com as piores notas entre as marcas que operam nas Américas. A companhia perdeu pontos em quesitos como qualidade das refeições, conforto, assistência da equipe e check-in.

Já a TAM teve como destaque negativo o conforto das aeronaves, o serviço de check-ino custo das passagens e as refeições, que deixaram a desejar. Seus atrasos também figuraram como os piores, em 60% dos voos, atrás da Gol (54%) e da Azul (39%). A Azul, por sua vez, teve respostas positivas envolvendo critérios de  limpeza e eficiência da equipe, mas pecou nos preços cobrados, tidos como elevados pelos entrevistados.

Tags: aéreas, avaliação, brasil, companhias, serviços

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.