Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

País

Distrito Federal supera meta de recadastramento biométrico, diz TRE

Agência Brasil

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) encerrou o recadastramento biométrico com percentual de atendimento de 89,27% do eleitorado convocado. Foram recadastrados mais de 1,6 milhão de eleitores. Ao anunciar o resultado, o presidente do TRE-DF, Mario Machado, ressaltou que a capital federal ultrapassou a meta de 80% estabelecida para o recadastramento de seus eleitores e obteve o melhor percentual do país.

“Alcançamos a meta, e não é só isso. Esse percentual é, seguramente, o melhor do país e reflete o trabalho executado, o apoio de todos os órgãos envolvidos e da mídia”, disse hoje (1º) Machado. Entre os eleitores recadastrados, a maioria (526 mil) está na faixa etária entre 26 e 35 anos. Incluindo os que transferiram o domicílio eleitoral de outros estados para o DF e os que tiraram o primeiro título de eleitor, a capital federal conta atualmente com 1.845.983 cidadãos aptos a votar no pleito de outubro deste ano.

Os 193.309 eleitores que não fizeram o recadastramento biométrico tiveram os títulos cancelados hoje. Para regularizar a situação, eles deverão procurar um cartório eleitoral onde “terão a situação examinada”. Machado explicou que o prazo para regularizar a situação será definido caso a caso. O eleitor tem de buscar a solução até o dia 7 de maio. Após essa data, ele ficará impedido de votar nas próximas eleições e, só depois desse período, poderá regularizar a documentação.

O presidente do TRE destacou o esforço dos funcionários em realizar o cadastramento no último dia, quando 22 mil eleitores procuraram o órgão para o recadastramento. Ele considerou “sobre-humano” o trabalho de atendimento realizado ontem (31). “Evidentemente não temos condições de atender tantas pessoas no mesmo dia, por isso pedimos para as pessoas irem com antecedência. Tivemos capacidade [de atendimento] ociosa durante meses”.

Além do recadastramento biométrico, Machado ressaltou ainda a importância de atualizar o cadastro de eleitores do Distrito Federal. “Tínhamos um cadastro de 1986. Agora, temos um de 2014, com a definição real do eleitorado do Distrito Federal. Temos um calendário moderno, atual, com toda a identificação de localização dos eleitores do Distrito Federal”, destacou o presidente do TRE.

Dos 14,2 milhões de eleitores convocados no país para esta fase do recadastramento, pouco mais de 11,2 milhões (79,17%) já compareceram aos postos da Justiça Eleitoral. O cadastramento biométrico seguiu um calendário próprio em cada estado. Caberá também a cada unidade federativa definir como regularizar a situação de quem perdeu o prazo e teve o título eleitoral cancelado.Os últimos municípios no Pará e Rio Grande do Norte encerram a fase de coleta das digitais até a próxima semana. Além do Distrito Federal, a Bahia, Pernambuco e o Piauí finalizaram ontem (31) o processo de recadastramento.

Tags: cadastramento, dedo, eleitoral, regional, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.