Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

País

Após participantes darem as costas a Bolsonaro, sessão volta a ser suspensa

Agência Câmara

Deputados e convidados viraram de costas quando o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) começou a discursar, mas o presidente da sessão, deputado Amir Lando (PMDB-RO), afirmou que isso era proibido pelo Regimento da Casa. Bolsonaro começou elogiando o golpe.

Como os presentes não mudaram de postura, Lando suspendeu a sessão. Bolsonaro afirmou que não se importaria de falar com os deputados virados de costas. "Não posso aceitar um desrespeito ao Regimento. Se não houver a ordem, vou encerrar a sessão", disse o presidente da sessão. "Estou sendo democrático aqui. Todos tiveram o direito de ser ouvidos".

Lando pediu que quem não quisesse ouvir o discurso se retirasse, mas diversos manifestantes não concordaram, permaneceram no Plenário e cantaram o Hino Nacional.

Tags: 64, brasil, ditadura, golpe, política, regime

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.