Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

País

Perícia libera Arena Corinthians e cogita negligência

Portal Terra

Encerrou-se na tarde deste domingo a perícia na Arena Corinthians por conta do acidente com o operário Fabio Hamilton da Cruz, que caiu de uma altura de 8 m enquanto trabalhava na instalação de um tablado na manhã de sábado e foi socorrido, mas morreu no hospital. A perícia da Polícia Civil liberou o local, e agora o delegado Luiz Antonio da Cruz vai avaliar se houve negligência no caso.

Titular do 65° DP de Artur Alvim, o delegado vai ouvir as pessoas que viram o acidente – no momento da queda, dois funcionários estavam no local colocando piso de madeira no segundo pavimento da estrutura provisória que dá suporte às arquibancadas provisórias da Arena Corinthians. Esse setor está sendo incluído para que o local atenda à capacidade de público exigida pela Fifa para a abertura da Copa do Mundo.

Funcionário caiu de tablado que era montado a 8 m de altura
Funcionário caiu de tablado que era montado a 8 m de altura

>> Itaquera: primo de operário morto denuncia pressão

>> Operário morto no Itaquerão é velado no ABC paulista

>> Morre operário que sofreu queda na Arena Corinthians

>> Mais um acidente. Quem acredita em superstição nos estádios da Copa?

"Vamos avaliar se houve um acidente ou se houve negligência", afirmou o delegado Luiz Antonio, cogitando erro do próprio funcionário. Informações iniciais indicam que ele portava equipamento de segurança, mas pode ser que não o estivesse usando enquanto trabalhava. No velório, amigos da vítima informaram que ele não tinha treinamento para trabalhar em alturas elevadas, algo que também será checado.

Óculos de segurança e um par de luvas deixados no local foram recolhidos pela perícia e serão analisados. A altura do local do acidente foi medida e confirmada: 8 m. O delegado também vai conversar com o socorrista que atendeu à ocorrência, que poderá confirmar se Fabio Hamilton da Cruz usava equipamento de segurança.?

Tags: acidente, Copa, estádio, Operário, queda, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.