Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

Lobão admite necessidade de economizar energia

Agência ANSA

O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, admitiu a possibilidade do governo lançar uma campanha para conscientizar a população a economizar energia elétrica para garantir que não haja problemas neste setor durante a Copa do Mundo.

    Se as chuvas não aumentarem nos dois próximos meses, os reservatórios das hidroelétricas podem ficar comprometidos, informou o ministro em entrevista para a imprensa norte-americana. "Não estamos trabalhando com a hipótese de racionamento de energia, temos convicção de que isso não será necessário", afirmou Lobão. Ele comentou que o governo da presidente Dilma Rousseff não quer repetir o que ocorreu em 2011 quando foi decretado um racionamento de energia e o programa previa multas para quem não cumprisse as metas.

    O ministro disse que durante a Copa do Mundo não deve haver uma grande demanda de energia porque as indústrias e empresas devem paralisar suas atividades nos horários dos jogos.

    Em cada estádio que receberá as partidas do torneio o governo instalou duas subestações de energia elétrica para evitar problemas, informou Lobão para o Wall Street Journal.(ANSA)

Tags: brasil, Copa, crise, economia, energia, Ministro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.