Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

País

Estudantes decidem desocupar prédio da reitoria da UFSC

Portal Terra

Em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira estudantes decidiram desocupar o prédio da reitoria da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Em nota, o grupo afirma que o movimento "não acaba hoje" e marcou novo ato para o dia 1º de abril.

A ocupação teve início na noite da última terça-feira, após o tumulto envolvendo a Polícia Federal e centenas de estudantes que se rebelaram contra a prisão de jovens que portavam maconha na área conhecida como bosque. A Tropa de Choque chegou a disparar gás e balas de borrachas contra os estudantes e professores da instituição.

O movimento, já chamado de “Levante do Bosque”, apresentou uma lista com 13 reivindicações. Entre elas estão a proibição da presença de policiais militares no campus de Florianópolis, a melhoria do sistema de iluminação e a discussão de uma nova política de segurança no local.

A ação gerou enorme repercussão e muito bate boca entre o delegado da PF, Paulo Cassiano, que coordenou a operação e a reitora da UFSC, Roselane Neckel. O ato dos alunos também gerou controvérsias e dividiu as opiniões: nesta sexta, grupos de estudantes realizaram um manifesto contra a ocupação.

Em nota, o movimento “Levante do Bosque” afirmou que a ocupação ocorreu como forma de reação à "ação truculenta, ilegítima e desproporcional por parte da polícia" e marcou um protesto para o próximo dia 1º de abril. “Nosso movimento não acaba hoje. Seguiremos reivindicando nossas pautas. Faremos um ato no dia 1 de abril, em memória das vítimas da Ditadura Militar e contra a Militarização da Polícia”.

Tags: bosque, levante, ocupação, reitoria, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.