Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

País

Mulher denuncia ex por sequestro de amiga fake do Facebook

Portal Terra

A Polícia Civil de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, autuou nesta quinta-feira uma mulher de 36 anos por comunicar notícia falsa de sequestro de uma amiga que, na verdade, não existia. A operadora de caixa A. L. (a polícia divulgou apenas as iniciais) procurou a polícia no domingo para denunciar que uma amiga dela tinha sido sequestrada, possivelmente por um amigo virtual em comum.  

O Grupo Antissequestro foi acionado por volta da meia-noite de domingo, mas depois de quatro dias de investigações, constatou que a vítima era, na realidade, um perfil falso do Facebook. "Ela criou o perfil falso de uma pessoa, da qual ela se passou como amiga, para entrar em contato com um homem com quem ela manteve um relacionamento de cinco anos", explicou o delegado Fernando Augusto Nunes Tedde, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), responsável pelo caso.

O perfil era de uma moça jovem, bonita, de aproximadamente 20 anos, com o nome fictício de Nay Zaffalon. Por intermédio do perfil de Nay, a mulher conheceu pessoalmente R. A., 22 anos, com quem passou a manter um romance.

Na semana passada, o homem terminou o namoro alegando que estava apaixonado justamente por Nay, a amiga virtual dele e da namorada. Revoltada com o fim do romance, ela decidiu se vingar, denunciando o rapaz à polícia por sequestro. 

O Grupo Antissequestro foi acionado por volta da meia-noite de domingo, mas os investigadores começaram a desconfiar da história ao tentar localizar a pessoa de Nay Zaffalon. “A moça não tinha parentes, não tinha endereços, ninguém a conhecia pessoalmente, só pela internet”, contou o delegado. 

As desconfianças aumentaram depois que o homem e a mulher também passaram a evitar a polícia. “Ambos começaram a não atender ligações e mensagens pedindo para esclarecerem as dúvidas da polícia”, disse o delegado.

Por fim, pressionada a ter de se explicar em depoimento sobre o sumiço da amiga, ela tentou desfazer a denúncia. Foi então que a polícia marcou uma acareação entre ela e o ex-namorado. Nesta quinta-feira, durante a acareação, a mulher confessou que a amiga na realidade não passava de um perfil falso que ela mesma tinha criado no Facebook e que decidiu fazer a denúncia para se vingar do ex-parceiro. 

Por se tratar de crime de menor poder ofensivo, a mulher foi ouvida em declaração em Termo Circunstanciado e liberada. Ela pode pegar de um a seis meses de detenção.

 

Tags: amizades, coloridas, prisão, rede, SOCIAL

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.