Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

País

Perguntas sobre Petrobras acirram os ânimos em audiência com ministros

Agência Câmara

O clima esquentou na audiência com os três ministros de Estado (Manoel Dias, do Trabalho; Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República; e Jorge Hage, da Controladoria-Geral da União) na Comissão de Fiscalização e Controle, quando o líder do Democratas, deputado Mendonça Filho (PE), os questionou sobre os motivos da demissão do ex-diretor BR Distribuidora, Nestor Cerveró.

O parlamentou perguntou aos ministros se Cerveró havia sido afastado por incompetência ou ato de corrupção e por que ele só tinha sido demitido sete anos depois de estar no cargo.

Mendonça Filho também indagou os mandatários acerca do que achavam do prejuízo de 1,1 bilhão de dólares da Petrobras causado pela compra de uma refinaria em Pasadena (EUA).

O presidente da Comissão de Fiscalização Financeira, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), interveio e citou o Regimento Interno da Casa para dizer aos ministros que não precisariam responder às perguntas, pois não tinham relação com o requerimento que motivou a vinda deles ao colegiado.

Tags: audi^wencia, câmara, deputados, pública, refinaria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.