Jornal do Brasil

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

País

Estudantes mantêm ocupação da reitoria da UFSC após ação da PM

Portal Terra

Estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) mantêm a ocupação no prédio da Reitoria após o confronto com policias militares e agentes da Polícia Federal registrado no final da tarde desta terça-feira. O ato, já chamado de "Levante do Bosque", deixou um saldo de cinco presos e dezenas de feridos entre alunos, professores e servidores e criou uma grande polêmica a respeito do uso de maconha e da presença policial no campus.

Um auditório do campus da UFSC está completamente lotado pela comunidade acadêmica que debate, junto à reitoria, as ações a serem tomadas a partir de agora. Os estudantes apresentaram uma série de reivindicações, incluindo a “legalização de festas no campus, o pedido de punição aos policias envolvidos no confronto, a apresentação de um plano de iluminação, a não permissão da presença da polícia na UFSC, além da revogação de um documento assinado pelo Ministério Público Federal, com permissão da reitoria, que permite a entrada de policiais no campus de Florianópolis”.

O clima segue tenso em Florianópolis. Logo no início da Audiência Pública, estudantes protestaram contra a presença da imprensa. Aos gritos de “mídia fascista”, jornalistas foram retirados do local a pedido da reitoria Roselane Neckel.  “Esse é um evento fechado para a comunidade acadêmica e por isso solicitamos que a imprensa se retire”, disse.

Enquanto as questões são debatidas no prédio do centro de convenções, alguns estudantes fazem “a guarda” do prédio da reitoria, ocupado desde a noite de terça. A idéia dos estudantes é manter a ocupação pelos próximos dias.

O episódio vem gerando troca de acusações entre os profissionais da UFSC e a superintendência da Polícia Federal em Santa Catarina. O delegado Paulo Cassiano disse nesta quarta que o campus é um “antro do crime” e que os agentes continuarão a realizar prisões no local.

Tags: federal, ocupação, reitoria, Santa Catarina, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.