Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

País

Reservatórios do Cantareira se estabilizam em 14,6%

Portal Terra

Os reservatórios do sistema Cantareira registraram 14,6% da capacidade neste fim de semana, nível similar ao registrado na última sexta-feira, 21, quando o índice da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) mostrava 14,5% do total, o menor na história do sistema.

Os baixos indicadores apontam para a maior crise hídrica do estado de São Paulo, e, segundo matéria da BBC Brasil, o comitê formado pela Agência Nacional de Águas (ANA), o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) e a Sabesp, estima que o Cantareira se esgotará pela primeira vez em junho deste ano, se nada for feito para combater o problema.

Por enquanto, a média de chuvas acumuladas para o mês é de 180,3 mm, e o esperado é que chegue a 184,1 mm.

A Sabesp está utilizando os sistemas Alto Tietê e Guarapiranga para atender 3 milhões de pessoas que estavam recebendo água do Cantareira. A ideia é que uma maior queda no nível da água seja prevenida e não haja racionamento nas cidades.

Neste domingo, ambos sistemas registraram um pequeno aumento do nível dos reservatórios em relação ao sábado. O sistema Alto Tietê tem 37,2% da capacidade, enquanto este valor era de 37,1% ontem. A expectativa de chuvas no mês é de 175,4 mm.

Já a represa de Guarapiranga registrou nível de 76,2% no sábado, que passou para 76,4% neste domingo. O sistema tem 226,1 mm de chuvas acumuladas no mês, valor superior aos 152,3 mm esperados.

Tags: abastecimento, água, calor, consumo, racionamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.