Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

País

Doleiro preso diz que recebeu "12 milhões" de empreiteira

Portal Terra

Segundo reportagem publicada neste sábado pelo jornal Folha de S. Paulo, o doleiro Alberto Youssef disse numa conversa telefônica interceptada pela Polícia Federal que recebeu 12 milhões da empreiteira Camargo Corrêa. Os documentos obtidos pelo jornal não detalharam se o valor era em dólar ou real. 

O diálogo ocorreu em outubro de 2013. De acordo com o periódico, a polícia suspeita que o dinheiro pode ter sido usado no pagamento de propina a políticos ou funcionários públicos. 

A PF trabalha ainda com a hipótese de que o doleiro estaria lavando recursos que a empresa obteve de maneira ilícita.

Preso na última segunda (17) na Operação Lava Jato, Youssef já havia sido detido em 2003. Na ocasião, ele era investigado sobre remessas ilegais de US$ 30 bilhões nos anos 1990 e 2000. O doleiro fez um acordo de delação premiada, pagou uma multa de R$ 1 milhão e obteve perdão por entregar alguns clientes à Polícia Federal.

Tags: dinheiro, escutas, lavagem, Operação, PF, telefônicas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.