Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

País

Lula nega "invencionices" da Folha de SP sobre refinaria de Pasadena

Jornal do Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou, nesta sexta-feira, que tenha dado declarações publicadas em "off" (quando a fonte não é identificada) pelo jornal Folha de S. Paulo sobre a compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras. Em nota, a assessoria de imprensa do Instituto Lula diz que, "mais uma vez", o jornal atribuiu ao ex-presidente "declarações que não foram feitas por ele".

A reportagem da Folha diz que a opinião de Lula sobre a nota publicada pela presidente Dilma Rousseff a respeito da negociação da refinaria de Pasadena, pela Petrobras, foi "um tiro no pé". "Na avaliação de Lula, Dilma agiu por impulso", diz trecho da matéria, que menciona apenas que Lula deu sua opinião "em conversas reservadas".

"É lamentável a reincidência do jornal em invencionices. Apenas desinforma seus leitores e conspira contra a verdade", diz a nota da assessoria de Lula, que já rebateu matérias da Folha em outros casos. 

Leia a íntegra da nota:

"Hoje, mais uma vez, o jornal Folha de S.Paulo atribuiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarações que não foram feitas por ele em público ou em privado.  É lamentável a reincidência do jornal em invencionices. Apenas desinforma seus leitores e conspira contra a verdade.

Assessoria de Imprensa do Instituto Lula"

Tags: Críticas, dilma, instituto, Jornal, Lula, nota

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.