Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

País

Análise de mídia dos internautas focam na Petrobras

Jornal do Brasil

Intenautas estão compartilhando os fatos noticiados hoje na mídia nacional. Veja abaixo algumas avaliações das notícias:

ANÁLISE DE MÍDIA

A coluna de Mônica Bergamo, na Folha, informa que o juiz Bruno Ribeiro, da VEP de Brasília, deve encaminhar hoje relatório sobre Zé Dirceu ao ministro Joaquim Barbosa. Ao contrário do que fez com Delúbio Soares, ele prefere que o próprio STF decida o destino do político. - A diferença se deve ao fato de Dirceu ser suspeito de usar um celular na prisão, o que é crime. Barbosa pode até decidir pela regressão do regime, de semiaberto para fechado, caso se convença de que o petista usou mesmo o aparelho. Dirceu nega e afirma que nem mesmo teve acesso a um telefone.

PETROBRAS

O Painel da Folha associa Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras preso ontem, a Zé Dirceu. Seguem as duas notas: -> Um ex-membro do governo Lula relata que, em 2004, o então ministro José Dirceu (Casa Civil) levou Paulo Roberto Costa, preso ontem, a gabinetes do governo para angariar apoio para emplacá-lo na diretoria de Abastecimento da Petrobras. -> Dirceu disse que Costa tinha aval do então presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP). Um ex-diretor da Petrobras retrucou que a indicação era de José Janene (PP) e não poderia ser debitada na cota do PT.

DE OLHO NO STF

-> na Folha: "Joaquim Barbosa acusa jornalista Ricardo Noblat de crime racial". O jornalista afirmou, em agosto, que Barbosa não teria sido escolhido para o STF só por seus conhecimentos, mas por sua cor.

ARTIGOS E BLOGS

O paradigma José Dirceu

Jean Menezes de Aguiar, do Observatório Geral: "Por que a perseguição, mês após mês, com José Dirceu? Será  que o Ministério Público e o Judiciário se acham tão acima da lei que pensam que nenhuma imagem negativa pode lhes afetar? Independentemente de quem tenha sido ou seja José Dirceu, o fato concreto é que ele foi condenado judicialmente a regime semiaberto. E a pergunta que não cala: por que está há meses em regime fechado, tendo se apresentado espontaneamente?"

http://observatoriogeral.com/2014/03/20/o-paradigma-jose-dirceu/

ANÁLISE DE REDES

Joaquim Barbosa está acusando o jornalista Ricardo Noblat por crimes de injúria, difamação e preconceito racial, em representação enviada ao MPF. 

Segundo Barbosa, Noblat atacou sua honra e praticou o crime de racismo num texto publicado em seu blog e no jornal "O Globo" em agosto do ano passado.

No texto "Quem o ministro Joaquim Barbosa pensa que é?", Noblat diz que "para entender melhor Joaquim" é preciso acrescentar "a sua cor". 

"Há negros que padecem do complexo de inferioridade. Outros assumem uma postura radicalmente oposta para enfrentar a discriminação".

José Dirceu tem sido citado na rede por ter indicado, junto com o senador Delcídio Amaral, o ex-diretor da área internacional da estatal Nestor Cerveró, atual diretor financeiro da BR Distribuidora, acusado por Dilma de ter elaborado o resumo técnico "falho" sobre a refinaria de Pasadena.

No Senado, Delcídio apontou que o "padrinho" de Cerveró seria Renan Calheiros, mas é importante citar que toda a mídia tradicional tem citado o nome de Dirceu, na tentativa de igualar o "mensalão" A estas recentes denúncias e já começam a "ensaiar" as comparações com peças nas redes sociais que por enquanto não repercutiu. 

Tags: complexo, inferioridade, negros, padecem, Senador

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.