Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

Prefeitura de São Paulo recebe sem-teto após manifestação

Agência Brasil

A prefeitura de São Paulo recebeu uma comissão do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) que fez hoje (20) um protesto no centro da cidade. O grupo foi à sede da administração municipal cobrar o cumprimento de promessas para garantia de moradia a famílias que vivem em ocupações. Segundo o MTST, são necessárias aproximadamente 18 mil unidades habitacionais para suprir a demanda do movimento. A prefeitura informou, por meio de nota, que as reivindicações serão estudadas e os encaminhamentos serão apresentados em uma reunião na próxima semana.

Entre as demandas, o MTST quer a revogação do decreto municipal que destina a área da ocupação Vila Nova Palestina, no Jardim Ângela, na zona sul da capital, para a construção de um parque. De acordo com a coordenação do movimento, a prefeitura comprometeu-se a revogar a medida.

Pela manhã, o prefeito Fernando Haddad disse que o tema deve ser debatido dentro do plano diretor, que está em tramitação na Câmara Municipal. “Eu queria que a última palavra fosse da Câmara porque quem tem que marcar aquilo como ZEIS [Zonas Especiais de Interesse Social] não é o Executivo, é o Legislativo. O que eu já disse para eles [MTST] é que temos um acordo. Se a Câmara demarcar aquilo como ZEIS, nós vamos revogar o decreto”, argumentou Haddad.

Tags: Atos, grupo, protestos, ruas, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.