Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

País

Justiça em SP determina que grevistas não impeçam transporte de presos

Agência Brasil

Por determinação da Justiça paulista, os agentes penitenciários em greve desde a última segunda-feira (10) não poderão mais barrar os serviços de transporte de presos para o comparecimento a audiências e julgamento e nem a transferência dos detentos entre as unidades prisionais, bem como o acesso à assistência jurídica e à família.

Essa decisão foi tomada pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Sérgio Serrano Nunes Filho , em atendimento a um pedido feito pela  Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) . Em seu despacho, o juiz  estabeleceu  que o descumprimento da medida implicará multa diária no valor de R$ 100 mil. Ele também justificou que frustrar os direitos dos detentos “ não se coaduna com o direito de greve”.

Em entrevista ontem (13) à Agência Brasil, o presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo (Sindasp), Daniel Grandolfo, informou que a intenção da categoria era a de manter apenas os serviços de visitas neste próximo fim de semana.

Em nota divulgada hoje (14) na internet, o Sindasp disse não tinha sido notificado sobre a decisão e que a greve continua. Além disso, o comunicado reiterou que “ as visitas aos detentos ocorrerão normalmente, em todas as unidades prisionais, neste fim de semana, sábado (15) e domingo (16)”. 

Tags: apenas, categoria, de visitas, era a de manter, neste, os serviços

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.